narracao continuada…

Cheguei direto de minhas ferias do Rio de janeiro esta primavera ja trabalhando.
Do aeroporto, deixei minha tia em cargo dos meus primos, ja previamente combinado, e com meu pai me esperando, rumamos para o cerimonial para que eu pudesse trabalhar.
Rodamos daus vezes porque eu de fato havia feito uma confusao. Entao, ja no lugar correto, foi possivel arrumar a parafernalha e comecar a trabalhar.
O local estava lindo e fora concebido para a uma nobre ocasiao. Os noivos nao podiam se casar entao o cerimonial oferceu a festanca, de graca. Eu estava de fato orgulhoso de poder participar da ocasiao como fotografo para a Revista Viptrine, na qual acredito muito.
Fora uma noite agradavel e de facil acesso. A maquina, como sempre, me deixou na mao. Tenho urgentemente que troca-la.
Ja em casa, vendo e arrumando as fotos, posso perceber como preciso do referido. Mas e trabalhar e assim compra-la. Simples…
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s